Entenda mais sobre o mercado e as plataformas de e-commerce B2B!

O que são plataformas de e-commerce B2B, quais suas principais características? e por que esse mercado deve movimentar R$ 2,04 trilhões em 2018?!

O mercado de plataformas de e-commerce B2B vem crescendo a passos largos no Brasil, na medida que as empresas percebem as vantagens desse tipo de ferramenta para seus negócios. Seja sob o ponto de vista de redução de custos ou do ponto de vista da eficiência nos processos de compra e venda, o e-commerce B2B vem ganhando força entre as empresas brasileiras.

Conforme previsão realizada pela E-Consulting, e-commerce B2B deve movimentar algo em torno de R$ 2,04 trilhões este ano, registrando aumento de 12,5% em relação a 2017, quando os negócios geraram R$ 1,81 trilhão.

Entenda mais sobre as plataformas de e-commerce B2B e as previsões da E-consulting:

Em função de suas características próprias, temos no país atualmente um crescente número de empresas que vem desenvolvendo plataformas de e-commerce B2B para satisfazer à crescente demanda.

diversas empresas estão desenvolvendo plataformas de e-commerce B2B devido a alta demanda

Mas o que é uma plataforma de comércio eletrônico B2B?

Uma plataforma de comércio eletrônico B2B é um sistema desenvolvido especialmente para o e-commerce entre empresas(business to business).

Da mesma forma que no comércio eletrônico B2C, estes sistemas são compostos basicamente por dois ambientes, o Front-End, o ambiente web que é acessado pelos clientes. Além do Back-End, módulo administrativo da loja virtual, onde são realizadas as rotinas administrativas do negócio.

Embora esta formatação seja muito parecida com a das plataformas de e-commerce B2C, as semelhanças se encerram por ai mesmo…

Características desse tipo de plataforma

Existem diferenças gritantes entre a formatação de uma loja virtual voltada para o mercado B2B e B2C.

Embora algumas empresas ainda acreditam que de forma geral é tudo a mesma coisa, na prática as demandas operacionais são muito distintas.

Existem diferenças gritantes entre a formatação de uma loja virtual voltada para o mercado B2B e B2C.

O fator determinante do modelo de e-commerce que uma empresa adota, não são os produtos em si ou as quantidades negociadas, mas sim o destino das mercadorias vendidas. É a atividade fim que caracteriza um e-commerce como B2B ou B2C. É ai que as coisas começam a ficar bem diferentes.

Algumas características especiais distinguem as plataformas de e-commerce B2B das B2C:

  • Diferentes opções de políticas comerciais;
  • Formas de pagamento;
  • Rotinas contábeis diferenciadas;
  • Navegação orientada para este tipo de negócio.

O e-commerce B2B deve movimentar R$ 2,04 trilhões em 2018!

e-commerce B2B deve movimentar algo em torno de R$ 2,04 trilhões este ano, registrando aumento de 12,5% em relação a 2017, quando os negócios geraram R$ 1,81 trilhão.

O e-commerce B2B deve movimentar algo em torno de R$ 2,04 trilhões este ano com a alta demanda por plataformas de e-commerce B2B

A previsão é da E-Consulting, segundo a qual cerca de 88% dos negócios entre empresas durante o ano serão feitos em plataformas de marketplaces fechados, praticado entre a indústria e as suas cadeias produtivas e ecossistemas.

Segmentos que impulsionarão o comércio eletrônico B2B:

Quem vai impulsionar essas compras na web, segundo a análise, serão os setores de commodities agrícolas e minerais (17,4%), de indústria de base e de capitais (13,13%), de governo e agências públicas (12,7%), de bens de consumo e varejo (12,2%) e de convergência, ou seja telecomunicações, TI e internet, entretenimento e mídia (9,3%).

Enquanto nos marketplaces independentes…

Já as transações ocorridas em plataformas de marketplaces independentes, os chamados mercados digitais intermediários, terão um incremento de R$ 560 bilhões. No ano passado este valor foi de R$ 420 bilhões.

Além das plataformas de e-commerce B2B, o mercado de marketplaces independentes também cresce

Nesta categoria, bens de consumo duráveis e não duráveis respondem pela maior fatia do total transacionado previsto para o período, algo em torno de 15,6%. Outros segmentos que vão comprar usando este tipo de modalidade serão: química e petroquímica (12,7%); atacado e varejo (11,3%); convergência – telecomunicações, TI e internet, entretenimento e mídia- (10,6%) e utilities (9,7%).

Veja alguns fornecedores de plataformas de e-commerce B2B

O cadastro de fornecedores de plataformas de e-commerce B2B é elaborado segundo critérios técnicos de seleção da equipe de conteúdo do Guia de e-commerce:

Flexy B2B

A Flexy apresenta uma solução completa em plataforma de e-commerce B2B com integração com sua solução B2C e diversos recursos. Conheça mais detalhes sobre a plataforma Business to Business da Flexy.

Kobi

A Kobi System desenvolveu uma plataforma de e-commerce B2B que atende a todas as necessidades das empresas que precisam de um sistema de comércio eletrônico especialmente voltado para o mercado B2B.

Vertis B2B

A Vertis oferece uma plataforma de e-commerce B2B com a possibilidade de operar com diferentes políticas comerciais de acordo com cada cliente. Conheça essa solução B2B.

Webvenda

A Webvenda é uma empresa de desenvolvimento de soluções para e-commerce B2B que oferece plataformas de e-commerce B2B robusta e com diversas funcionalidades.


Você também pode gostar:


FONTE: TI INSIDE, Guia do e-commerce, Guia do e-commerce


 

Compartilhe!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.