Inteligência Artificial irá afetar todas as indústrias

A inteligência artificial já é uma das principais pautas quando falamos da automatização de processos de negócio. Veja alguns exemplos práticos da IA utilizada nos negócios.

Nos resta apenas desvendar como a IA utilizada nos negócios pode, nos dias atuais, auxiliar processos industriais e acelerar sistemas de automação.

“Num futuro breve, vejo que todas as indústrias serão afetadas. Arrisco dizer também que as empresas mais adaptáveis e inovadoras serão as organizações mais bem-sucedidas, e não aquelas gigantes que demoram a se movimentar rumo à Transformação Digital”, diz Paulo de Godoy, gerente geral da Pure Storage Brasil.

Veja alguns exemplos práticos de IA utilizada nos negócios:

Inteligência Artificial – IA

O aprendizado de IA e de máquinas pode ensinar os computadores a reconhecerem padrões em dados não estruturados e transformá-los em dados estruturados – de forma que uma resposta automática possa ser aplicada. Por exemplo, algoritmos capazes de entender e conversar com seres humanos, mesmo que sem consciência.

IA utilizada nos negócios

Exemplos práticos da IA utilizada nos negócios

Alguns exemplos já são concretos, como:

  • Veículos autônomos;
  • Imagens de ressonância magnética para encontrar células cancerígenas;
  • Câmeras de vídeo que são capazes de analisar comportamentos fora do padrão, promover reco­­­nhecimento e identificação facial mesmo que a pessoa mude cabelo, cor de olhos e detalhes da face, entre muitos outros casos.

Veículos Autônomos: IA utilizada nos negócios

Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo investem em inteligência artificial

Um dos principais players do varejo farmacêutico nacional, o Grupo DPSP, companhia que administra as marcas Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo, tem cada vez mais IA utilizada nos negócios do Grupo.

Parceria

Para apoiar este trabalho, a empresa fechou parceria com a Symphony RetailAI, empresa global em plataformas de decisão habilitadas por inteligência artificial, soluções e insights centrados no cliente que impulsionam o crescimento de varejistas e fabricantes de bens de consumo.

Objetivo

O investimento tem como principal objetivo melhorar a experiência de compra do consumidor, que passa a receber ofertas ainda mais personalizadas via programa de relacionamento DPSP, o “Viva Saúde”. O sistema também auxilia no gerenciamento de categorias e de suprimento, direção de operações, estoque e planejamento.

Inteligência artificial é uma tendência no varejo. Com esta ferramenta passamos a integrar todas as nossas oportunidades e promoções, realizando uma comunicação dirigida e personalizada para cada consumidor.

IA utilizada nos negócios

O sistema também contribui para que tenhamos uma melhor revisão do portfólio de produtos vendidos em loja e no formato de exposição desses produtos”, explica Roberto Tamaso, diretor comercial e Marketing do Grupo DPSP.

Implementação

Com mais de 1.230 lojas em 9 estados do país, além do Distrito Federal, o Grupo DPSP, conhecido por sua força em marketing direto e personalizado no segmento, prevê a implementação completa do sistema até o começo do 2º semestre de 2018.

“A personalização da experiência do consumidor, a melhora dos programas de relacionamento e a digitalização da gestão serão as prioridades estratégicas dos varejistas para 2018. Estamos muito satisfeitos em poder oferecer nossa expertise ao Grupo DPSP para que tais premissas façam parte do dia a dia de suas lojas”, afirma Adriano Araújo, vice-presidente da Symphony RetailAI na América Latina.


FONTE: TI INSIDETI INSIDE.


 

Compartilhe!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.