Desenvolva sua API com Postman

O Postman é um ambiente completo de desenvolvimento de API. Hoje, tem 8 milhões de desenvolvedores e mais de 300 mil empresas usando nosso conjunto abrangente de ferramentas integradas para dar suporte a todas as etapas do ciclo de vida da API. Com o Postman, você pode projetar, simular, depurar, testar, documentar, monitorar e publicar suas APIs em um único local.

O Postman ganhou popularidade pela primeira vez em 2012, quando Abhinav enviou seu projeto para a Chrome Web Store. Logo acabou se graduando em aplicativos nativos robustos e agora é usado no mundo inteiro.

Sua interface é bastante simples e intuitiva. Ele nos permite simular requisições HTTP de forma rápida, armazenando-as para que possamos usá-las posteriormente.

Além disso, para cada requisição feita, o Postman analisa as respostas enviadas pela API e as exibe visualmente de forma muito agradável e fácil de entender, o que reduz consideravelmente o tempo necessário para o desenvolvimento e testes de sua aplicação.

O ambiente do Postman nos permite desenvolver a paginação e o versionamento da API e também tem a possibilidade de salvar essas requisições de teste e transforma-las progressivamente na documentação da API, que é ponto crucial para o sucesso de sua API.

O Postman leva a segurança a sério e para tornar mais fácil para as empresas entenderem a seriedade com a segurança, o Postman concluiu a auditoria do SOC 1 do Service Controls 2, sem exceções, garantindo segurança, disponibilidade, integridade do processamento, confidencialidade e privacidade.

Sem contar que é possível passar as configurações de testes de uma API para a sua equipe toda. Os Postman Workspaces garantem que as equipes permaneçam organizadas e mantenham uma única fonte de verdade durante todo o ciclo de vida de desenvolvimento da API. Os desenvolvedores podem colaborar perfeitamente em tempo real entre áreas de trabalho e coleções compartilhadas.

Instalação

A instalação pode ser feita de duas formas:

  • Instalação nativa no seu computador
  • Extensão do Google Chrome

Para instalar o aplicativo direto no seu computador em qualquer sistema operacional (Windows, Linux ou Mac), basta fazer o download direto do site do Postman.

A InterGATE faz suas APIs usando o Postman. Fale conosco

    Postman na prática

    O processo de simular requisições é muito simples. Basta escolher o tipo de requisição (GET, POST, PUT, PATCH, etc)

    E depois informar a URL e clicar no botão Send.

    Se a requisição tiver parâmetros é possível informar na URL, ou clicar com no botão Params e informar os valores nos campos key e value, como por exemplo:
    url?param1=valor1&param2=valor2.

    Abaixo desses campos temos as guias com as funções:

    • Authorization: onde será possível informar o tipo de autenticação necessária e definir métodos.
    • Headers: onde é passado os Headers (cabeçalhos) da requisição, principalmente usado para passar o token de autenticação. Basta somente informar os campos key e value.
    • Body: onde é colocado o Body (corpo) da requisição. Essa aba somente é habilitada quando é usado tipos de requisições que permitem o envio de corpo, como por exemplo: o POST. O editor suporta os mais comuns formatos de encoding e a opção raw envia qualquer tipo de conteúdo, podendo escolher manualmente o content-type, como por exemplo o JSON, que serve para enviar objetos do tipo JSON.

    E se você digitar algo que não seja formato JSON, ele já indica que existe problemas de sintaxe.

    • Pre-request Script: são os scripts JavaScript para fins de teste que serão executados antes da requisição.
    • Tests: onde é possível realizar validações e testes na request do valor retornado.

    Para saber mais sobre o Postman acesse: Postman centro de aprendizagem

    FONTE: Imaster

    Compartilhe!!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.